Travessa WE 32,nº 642 - Cidade Nova V - Coqueiro
CEP: - Ananindeua, PA | Tel.: (91) 3273-3191/981363506

Horários de Missas
Segunda, Terça, Quarta e Sexta - 18h30 Quinta-feira - 6h30 e 18h30 Sábado - 6h30 e 17h30 Domingo - 6h30/8h30/17h30/19h30 Veja mais


Artigos › 16/05/2019

Deus está conosco diante da tentação

A tentação é uma grande oportunidade para o autoconhecimento, pois nos permite conhecer as limitações e os pontos fracos do nosso relacionamento com Deus e com os outros. Somos, geralmente, tentados naquilo que são nossas brechas; nesse sentido, a Palavra nos chama à atenção: “Meu filho, se entrares para o serviço de Deus, prepara a tua alma para a provação” (Eclo 2,1).

Não podemos nos desesperar diante da tentação ou provação, mas devemos ficar firmes e constantes, crendo que tudo ocorre segundo a Providência de Deus. Por isso, é preciso suportar as tentações sem perturbações e com ação de graças. Deus está conosco diante da tentação, precisamos contar com Sua presença, contudo, Ele nos garante: “Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados acima das vossas forças, mas, com a tentação, vos dará os meios de sair dela e a força para a suportar” (1Cor 10,13). É necessário suportar a tentação com paciência e humildade.

E assim, o Catecismo da Igreja nos ensina que para vencermos a tentação precisamos da graça de Deus e da virtude da fortaleza. Afirma: “A fortaleza é a virtude moral que dá segurança nas dificuldades, firmeza e constância na procura do bem. Ela firma a resolução de resistir às tentações e superar os obstáculos na vida moral. A virtude da fortaleza nos torna capazes de vencer o medo, inclusive da morte, de suportar a provação e as perseguições. Dispõe a pessoa a aceitar até a renúncia e o sacrifício de sua vida para defender uma causa justa. “Minha força e meu canto é o Senhor” (Sl 118,14). “No mundo tereis tribulações, mas tende coragem: eu venci o mundo” (Jo 16,33)”. (1808).

O que dizem os santos sobre a tentação?

Os santos também nos ajudam a entender o sentido da tentação em nossa vida e nos abre um caminho de compreensão para ficarmos firmes em Deus quando a tentação bater a nossa porta. São João Maria Vianney esclarece: “As pessoas mais tentadas são aquelas que estão prontas, com a graça de Deus, a sacrificar tudo pela salvação de suas pobres almas, que renunciam a todas as coisas que a maioria das pessoas buscam ansiosamente. E não é um demônio só que as tenta, mas milhões de demônios procuram armar-lhes ciladas.” Quaresma, tempo favorável para vencermos as nossas tentações e crescermos na intimidade com Deus.

Por Padre Reinaldo Cazumbá, via Canção Nova

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *